SERVIÇOS


 

Nossos laboratórios estão equipados com os mais modernos equipamentos, possibilidade avaliações precisas e técnicas.

> Conheça nossos serviços.


DSC

Calorimetria Diferencial de Varredura ou Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) tem como objetivo obter informação através do monitoramento de fluxo de calor em função da temperatura.

Equipamento: Calorímetro Modulado DSC, Modelo Q100, Marca TA Instruments, com faixa de temperatura entre -85ºC e 600ºC.

Normas: ASTM D3417, ASTM D3418, entre outras.









 

TGA

Análise Termogravimétrica (TGA) é uma técnica na qual é feito o monitoramento da perda ou da agregação de massa de uma amostra em função da temperatura (ou do tempo), em um ambiente de atmosfera controlada de nitrogênio ou ar sintético.

Equipamento: Analisador Termogravimétrico TGA, Modelo Q50, Marca TA Instruments, com faixa de temperatura entre 23ºC e 1.000ºC.

Normas: ASTM E 1131, DIN EN ISO 1172, entre outras.









 

MFI

Equipamento: Plastômetro de Extrusão para determinação do Índice de Fluidez, Modelo MI-1, Marca DSM.

Normas: ISO 1133, ASTM D 1238, entre outras.

 

 

 

 







 

FOGGING

O ensaio de fogging pode ser fotométrico ou gravimétrico. O fotométrico determina o embaçamento a partir da variação do brilho. Já o gravimétrico determina o embaçamento a partir da variação da massa. O equipamento apresenta ajuste da temperatura do banho e da placa de arrefecimento.

Equipamento:  Equipamento Fogging Tester FT-F1 Labthink.

Normas: SAE J1756, GMW 3235, DIN 75201, D45 1727, entre outras.









 

DUREZA

Equipamentos: Durômetro Testor HT1, Marca Wolpert; Durômetros Shore A e Shore D

Sobre o ensaio: avaliação da dureza superficial, medindo a resistência à penetração dos materiais.

Normas: ISO 48, ASTM D 1415, ISO 868, ASTM D 2240, ISO 2039-1, entre outras.










 

FLAMABILIDADE

A avaliação da velocidade de queima do material e seu comportamento sob chama é um critério essencial de segurança nos setores dos transportes, embalagens, móveis e equipamentos elétricos.

Equipamento: Câmara de Chama de Veículos Motor HMV - Câmara de Chama Horizontal, Atlas.

Normas: ISO 3795, ASTM D 635, 7-G2000, DBL 5307.10, TL 1010, FMVSS 302







 

DENSIDADE

Equipamento: Picnômetro, balança analítica.

Normas: ISO 1183, ASTM D1505 entre outras.

 













 

CONTRAÇÃO

Equipamento: Injetora Romi Pratica 130

Normas: ASTM D955, ISO 294-4, ISO 2577, entre outras.

 












 

VISCOSIDADE

Equipamento: Viscosímetro Ubbelohde

Normas: ISO 306, ASTM D3835, entre outras

AVALIAÇÃO VISUAL

A Avaliação visual das amostras expostas a um ensaio de degradação é realizada antes e depois do ensaio, usando uma cabine de luz, para detectar trincas, fissuras, bolhas entre outros defeitos.

Equipamento: Color Checker Executive – Adexim-Comexim.

Normas: ASTM D1729, NBR 11.160








 

COR

A cor das amostras expostas a um ensaio de degradação é medida antes e depois do ensaio, usando um colorímetro ou espectrocolorímetro. Os detalhes variam de um método de ensaio para outro.

Instrumentos de medição do laboratório são frequentemente utilizados na indústria para verificar a cor dos produtos fabricados em comparação com um padrão de cor.Obtenção das seguintes cordenadas:
ΔL* = diferença em mais claro e escuro (+ = mais claro, - = mais escuro)
Δa* = diferença em vermelho e verde (+ = mais vermelho, - = mais verde)
Δb* = diferença em amarelo e azul (+ = mais amarelo, - = mais azul)
ΔE* = diferença total de cor (relação das 3 coordenadas)

Equipamento: Espectrofotômetro Portátil Modelo MiniScan XE Plus, Hunter Lab.

Normas: ISO 105 -A02, FLTM BI 109-01, SAE J1545, VW 50190, entre outras.

 

BRILHO

O brilho de um acabamento de pintura, material plástico ou qualquer outra área é um componente chave na percepção do usuário.
Equipamento: GLOSSMETER - BRILHÔMETRO NOVO GLOSS RHOPOINT NGT 20.
Condições do equipamento: Medida de brilho em 20°, 60° e 85°.

Normas: FLTM BI 110-01, ASTM D 523, 50457, entre outras









 

ADERÊNCIA

Equipamento: Aparelho de Corte em Grade TQC (Thermimport Quality Control) Adhesion Test, cinzel de 3mm e Fita Adesiva Padronizada 3M Scotch 898

Condições do equipamento: Grades com distâncias de 1mm, 2mm e 3mm.

Normas: 50461, FLTM BI 106-01, entre outras









 

ESPESSURA DE CAMADA TOTAL

Equipamento: Ultrasonic Coating Thickness Gage PosiTector 200, marca DeFelsko.

Normas: ASTM B 487.




 







 

DUREZA DE LÁPIS

O teste de dureza de lápis tem como objetivo a determinação da resistência superficial de tinta ao risco de grafites de durezas conhecidas.

Equipamento: Dureza de lápis, modelo 141, Isolabor Omicron.

Normas: 50452/02, ASTM D33-63-05



 







 

RESISTÊNCIA AO RISCO

Equipamento: MULTI - FINGER SCRATCH & MAR TESTER, MODELO 710, TABER INDUSTRIES.

Normas: 7-M0005, PV 3952, FLTM BO 162-01, FLTM BN 108-13, GMW14698, entre outras










 

BATIDA DE PEDRA

Equipamento: Gravelômetro BASS Modelo UG-MP -2013.

Normas: GMW14701, GMW14700, ISO 20567-1, 50488/01, SAE J400, FLTM BI 157-06, entre outras.



 







 

CROCKMETER

O ensaio de resistência ao desgaste é essencial para peças expostas.

Equipamento: KIMAK CA-11.

Normas: PV 3906, FLTM BN 107-01, FLTM BN 108-10, D45 1010, entre outras







 

CÂMARA CLIMÁTICA

Equipamento: Os Parâmetros Temperatura e Umidade Relativa são registrados e plotados por nossos sistemas de registro de dados. Nossas câmaras climáticas atingem a temperatura -40 a 180°C; e umidade relativa de 20% a 95% entre 20 e 80°C.

Normas: PV 2005, GM9505P, GMW 14124, entre outras

Equipamentos: Câmara Climática Mecalor 1m³ e Câmara Climática Mecalor 8m³








 

ESTUFA

Equipamento: Estufa Marconi MA033/1080. Até 200°C, dimensões internas: L=1200 x P=600 x A=1500

Estufa Marconi MA035/5. Até 200°C, dimensões internas: 800 x 600 x 1000mm

Estufa Marconi MA035/2000. Até 200°C.









 

ENVELHECIMENTO TÉRMICO - UV

O equipamento apresenta controle do tempo do processo, horímetro pré-estabelecido, controlador do ciclo de temperatura de condensação, controlador do ciclo de temperatura do ciclo UV e ventilação funcional.

Equipamento: Câmara C-UV, Modelo 003 SPI - Híbrido, da COMEXIM Matérias Primas Indústria e Comércio Ltda.

Normas: SAE J844, D27 5439, 50471/01, entre outras.







 

ENVELHECIMENTO TÉRMICO - ARC XENON

Instrumentos envelhecimento UV (Weather-Ometer e Fade-Ometer) equipado com uma lâmpada de arco de xenônio são reconhecidos como sendo os instrumentos de envelhecimento acelerado que melhor simulam o envelhecimento natural.

Ensaio realizado para verificar a Resistência à Luz Ultravioleta do Produto, operando com lâmpada de xenônio. O Equipamento possui controles automáticos da temperatura, da umidade relativa no interior da câmara de envelhecimento, da irradiancia, comprimento de onda, chuva e dia/noite.

Equipamento: WEATHER-OMETER (WOM) ATLAS CI 4000.

EQUIPAMENTO Q-SUN Xe-3-HBS, Q-LAB (Q-LAB 1).

Normas: ASTM G 155, ISO 105-B06, 50451/01, SAE J2412, PV 1303, FLTM BO 116-01, entre outras.



 

TRAÇÃO/FLEXÃO/RASGAMENTO

A Máquina Universal de Ensaios INSTRON 3369 é acoplada a um Software que possibilita a obtenção de diversos resultados (módulo, alongamento, resistência máxima, carga, entre outros) e a curva de tensão x deformação. É possível realizar ensaio de tração, flexão, rasgamento, adesão e coeficiente de Poisson.

Além disso, o equipamento apresenta uma câmara climática possibilitando a climatização de -80ºC a +200ºC dos materiais. A câmara climática mantém a temperatura durante todo o ensaio garantindo confiabilidade e precisão na análise.

Equipamento: Máquina de Universal de Ensaios INSTRON 3369

Normas: ISO 527-1, ISO 527-2, ISO 178, ISO 37, ISO 34, ASTM, ASTM D1000... entre outras.





 

IMPACTO CHAPY/IMPACTO IZOD

Ensaios para obter a resistência ao impacto; os ensaios de impacto em diferentes temperaturas permitem a obtenção de informações sobre a transição dúctil/frágil. 

Equipamento: Máquina de Ensaios CEAST, modelo Resil 25 P/N 6545.500

Normas: ISO 179, ISO 180, ASTM D256

 








 

IMPACTO MULTIAXIAL/QUEDA DE DARDO

Nesses ensaios os materiais poliméricos são submetidos a condições extremas. A resposta do material a este tipo de solicitação fornece uma adequada estimativa do comportamento mecânico sob impacto. A Máquina CEAST 9350 / INSTRON é acoplada a um Software que possibilita a obtenção da curva de impacto, assim como a energia. Além disso, o equipamento apresenta controle de velocidade, altura, peso e uma câmara climática possibilitando a climatização de -80°C a +200°C dos materiais. A câmara climática mantém a temperatura durante todo o ensaio garantindo confiabilidade e precisão na análise.

Equipamento: Impacto Multiaxial CEAST 9350 / INSTRON.

Normas: ASTM D3763, ISO 6603-1/2, I.S.15-0424, FIAT 50424, entre outras.






 

QUEDA DE ESFERA

Equipamento: Tubo de PVC regulado para diferentes alturas; esferas de aço e esferas de borracha com diferentes pesos. Ensaio realizado em condição ambiente, alta e baixas temperaturas.

Normas: PV 3905, TL 529, GMW 14093, TSM 0502G, entre outras

RESISTÊNCIA QUÍMICA/RESISTÊNCIAS A ÁCIDO BASE/RESISTÊNCIAS A REAGENTES DE LIMPEZA E ETC

Equipamento: Capela, estufas, câmaras climáticas e diferentes reagentes

Normas: 955253, FLTM BI 113-01, FLTM BI 168-01, GMW14698, GMW14867, entre outras.









 

ODOR

O teste considera dois critérios: avaliação da intensidade do odor e a identificação do tipo de odor. As avaliações são realizadas em materiais ou elementos, contidos em frascos ou sacos.

INJEÇÃO

Equipamento: Injetora ROMI, prática 130.

Condições do equipamento: Rosca simples. Força de fechamento do molde 130t; tamanho mínimo do molde 300x300mm; tamanho máximo do molde 640x420mm; moldes de injeção para corpos de prova ISO e ASTM.

VALIDAÇÃO DE AIRBAGS FRONTAL, VERTICAL E CORTINA

Dentre os requisitos de um airbag, destaca-se a necessidade do uso de materiais que apresentem alta resistência, estabilidade térmica, boas características de envelhecimento e permeabilidade ao ar. O Airbag por ser um item de segurança, é essencial assegurar que será acionado em temperaturas extremas e que a sua abertura ocorrerá conforme especificado. 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre-se em nossa newsletter e acompanhe as novidades de nossa empresa em seu e-mail.


POLYPACK | LABORATÓRIO DE ENSAIOS LTDA


Rua Georg Ptak, 130
Jardim São Paulo - São Carlos/SP - 13570-420 Fone/Fax: +55 16 3368-1138

Rua Dr. Neto de Araújo, 320 cj. 1205 Vila Mariana - São Paulo/SP - 04111-001 Fone/Fax: +55 11 5084-6271

SIGA-NOS

FALE CONOSCO

plpack@uol.com.br

financeiro@polypack.com.br